Em Destaque

Esta situação é grave e reveladora de um conceito centrado na descriminação social, impensável numa sociedade que se diz moderna e democrática. Este tipo de práticas já de si são gravíssimas, tornando-se ainda mais gravosas já que se trata de um banco público, que resolve copiar o que os especuladores imobiliários andaram a fazer em Londres. É do conhecimento público que aquele local sempre foi usado para algumas pessoas se sentarem e só depois de um sem-abrigo começar a sentar-se lá é que colocaram os pinos.

Notícias

Bloco Aveiro

É com surpresa e estupefação que o Bloco verifica que o gabinete de comunicação da Câmara Municipal de Aveiro enviou através dos meios municipais um convite em nome do "Presidente do Trofa Saúde Hospital em Aveiro, sr. António Vila Nova" para a sessão de apresentação da unidade privada. A confirmação de aceitação dos convites deve ser feita para uma funcionária da Câmara através do mail institucional da autarquia.

Bloco Distrital de Aveiro

Esta situação é grave e reveladora de um conceito centrado na descriminação social, impensável numa sociedade que se diz moderna e democrática. Este tipo de práticas já de si são gravíssimas, tornando-se ainda mais gravosas já que se trata de um banco público, que resolve copiar o que os especuladores imobiliários andaram a fazer em Londres. É do conhecimento público que aquele local sempre foi usado para algumas pessoas se sentarem e só depois de um sem-abrigo começar a sentar-se lá é que colocaram os pinos.

Bloco Distrital de Aveiro

Face à tragédia ocorrida em Pedrógão Grande, a distrital do Bloco de Esquerda cancelou todas as iniciativas previstas para hoje.

A distrital do Bloco de Esquerda de Aveiro, manifesta as mais sentidas condolências às famílias das vítimas desta catástrofe.

A apresentação da candidatura de Espinho fica adiada.

Bloco Distrital de Aveiro

O Bloco de Esquerda foi informado que no CHEDV há trabalhadores de uma determinada categoria profissional a desempenhar funções de uma outra categoria profissional. Por exemplo, há assistentes operacionais a desempenhar funções de assistentes técnicos e, inclusivamente, de técnicos de diagnóstico e terapêutico (por exemplo, no serviço de medicina física e de reabilitação). Existem ainda outros problemas que afetam negativamente os trabalhadores do CHEDV como, por exemplo, o não pagamento do subsídio de alimentação quando os trabalhadores fazem horas extras. A verdade é que profissionais como os de enfermagem ou os assistentes técnicos e operacionais são muitas vezes obrigados a fazer várias horas extraordinárias por dia. O deputado Moisés Ferreira já questionou o governo. ver aqui

Bloco Distrital de Aveiro

A comunicação social local noticiou, o caso de um casal em situação de sem-abrigo em S. João da Madeira. O Bloco de Esquerda recebeu essa notícia com enorme preocupação e consternação. A resposta da instituição que acompanhava o casal, assim como a resposta da autarquia não poderia merecer outra reação que não a de extrema preocupação. Tanto uma como outra foram claramente insuficientes e estiveram, aliás, na causa desta situação. Para isso o Bloco questionou também o Governo sobre programas, medidas e apoios que podem ser mobilizados a famílias sanjoanenses em situação de emergência e irá questionar ainda a atuação da ACAIS, instituição que acompanhava o casal que ficou sem abrigo, por considerarmos que esta instituição, protocolada com a Segurança Social, não deu as respostas e os apoios que deveria dar, caso contrário estas pessoas nunca acabariam a dormir na rua. ler aqui

Bloco Distrital de Aveiro

O BE exige uma rápida intervenção do governo na escola secundária de Vagos. Na Escola Secundária de Vagos duas alunas terão sido vistas a beijarem-se por uma funcionária da escola. Em resultado terão sido chamadas à direção da escola onde terão sido informadas que não se podem beijar em público porque isso “incomoda pessoas”. A atuação da direção da escola visou especificamente a orientação sexual das alunas. Os deputados, Moisés Ferreira e Joana Mortágua exigem uma intervenção urgente do governo. ler aqui

Atividade do Deputado

Pedro Filipe Soares

Opinião

A mudança não poderá nascer, como parece ser a ambição em Ovar, de simulacros de uma democracia direta empobrecida. Com quatro anos consecutivos de rocambolescos processos de Orçamentos Participativos (OP) a alheada comunidade vareira arrisca um bloqueio inquebrável. 

Resoluções Mesa Nacional