Share |

Artigos

Bloco Distrital de Aveiro
Setembro 6, 2018 02:43 PM

O BE sabe que a Administração da empresa disse publicamente aos trabalhadores visados pelo despedimento coletivo que eles poderiam ser colocados noutros setores de produção se aceitassem submeter-se à laboração contínua. A ser assim, esta ameaça de despedimento coletivo é uma chantagem inqualificável sobre os trabalhadores para serem obrigados a aceitar um regime de trabalho que não querem e que é altamente lesivo, quer do ponto de vista de remuneração, quer do ponto de vista de impacto na saúde e na vida familiar dos trabalhadores.

Bloco Distrital de Aveiro
Setembro 4, 2018 10:40 AM

 A cultura que é aceite pelas elites neoliberais e conservadoras é aquela que não agita, que não incomoda e principalmente que entorpece quem a consome. Para os regressos ao passado e recriações do tempo da outra senhora existem sempre fundos e publicidade

Bloco Distrital de Aveiro
Agosto 25, 2018 10:25 AM

uma mão cheia de personagens do PSD vem agora redigir um documento que poderá fazer parte do Conselho Estratégico Nacional do PSD, onde permite ao utente a possibilidade entre o sector público e privado, porém, numa opção financiada pelo Estado. 

Bloco Distrital de Aveiro
Julho 13, 2018 10:07 AM

Por variadas vezes os comboios não cumprem os horários, registando-se atrasos de cerca de 40 minutos e tem existido uma incapacidade da CP para responder ao crescente número de utilizadores deste serviço. São muitos os dias em que os comboios andam com sobrelotação devido à falta de carruagens. Há situações em que a sobrelotação é tal que se torna impossível fechar as portas das carruagens durante a marcha. Esta situação coloca em risco a segurança dos passageiros.  Devido à sobrelotação dos comboios, houve dias em que a CP teve de contratar autocarros para conseguir dar resposta à procura. Estranhamente as empresas contratadas para transportar os passageiros nem sequer sabiam os percursos, tendo de ser os passageiros a dar as indicações do trajecto aos motoristas das empresas contratadas. O deputado Moisés Ferreira, questionou o Governo sobre esta situação. Ler aqui

Santa Maria da Feira
Julho 10, 2018 10:23 AM

 Eleições para a Comissão Coordenadora Concelhia de Santa Maria da Feira (CCCSMF) de 28 de julho de 2018

Foi recebida uma candidatura à CCCSMF (ler aqui) e a saber:

-- moção “Uma força para transforma”, doravante designada por moção A;

Verificada a candidatura, concluiu-se pela respetiva regularidade.

A Mesa da Assembleia Eleitoral (MAE) é composta por Joaquim Dias, Eduardo e pelo representante da Moção A, Pedro Alves.

É importante a tua participação em todos os processos eleitorais do Bloco de Esquerda. Nestas eleições, poderás votar das seguintes formas:

a) Voto presencial, Urnas abertas na sede de Santa Maria da Feira, no sábado dia 28 de julho, das 15h00 às 19h00.

b) Voto por correspondência, desde que recebido pela MAE até às 20h00 de sexta-feira, 27 de julho. Devem-se seguir as instruções que receberás por carta. 

Santa Maria da Feira
Julho 10, 2018 10:23 AM

 Eleições para a Comissão Coordenadora Concelhia de Santa Maria da Feira (CCCSMF) de 28 de julho de 2018

Foi recebida uma candidatura à CCCSMF (ler aqui) e a saber:

-- moção “Uma força para transforma”, doravante designada por moção A;

Verificada a candidatura, concluiu-se pela respetiva regularidade.

A Mesa da Assembleia Eleitoral (MAE) é composta por Joaquim Dias, Eduardo e pelo representante da Moção A, Pedro Alves.

É importante a tua participação em todos os processos eleitorais do Bloco de Esquerda. Nestas eleições, poderás votar das seguintes formas:

a) Voto presencial, Urnas abertas na sede de Santa Maria da Feira, no sábado dia 28 de julho, das 15h00 às 19h00.

b) Voto por correspondência, desde que recebido pela MAE até às 20h00 de sexta-feira, 27 de julho. Devem-se seguir as instruções que receberás por carta. 

Santa Maria da Feira
Julho 6, 2018 08:23 AM

O Bloco de Esquerda teve conhecimento que a empresa Ecco'let - fábrica de sapatos, Lda., situada em S. João de Ver, concelho de Santa Maria da Feira, estará a fazer assédio moral a cerca de 30 trabalhadores para que estes rescindam o contrato com a empresa por mútuo acordo. Os trabalhadores são chamados, uns diariamente, outros, quase todos os dias, aos escritórios, onde são pressionados pelas chefias da empresa para aceitarem uma “rescisão por mútuo acordo”. Estamos a falar de uma empresa lucrativa, que nos últimos anos recebeu vários milhões de euros de fundos comunitários (dinheiros dos contribuintes) para a sua modernização e que, mais recentemente, recebeu centenas de milhares de euros em benefício fiscais para a criação de empregos. Segundo os dados da Autoridade Tributária relativos ao ano de 2016, os benefícios fiscais dados a estas empresas foram de 445 mil euros. O deputado do BE, Moisés Ferreira, já questionou o governo exigindo medidas urgentes para colocar um fim neste tipo de práticas. Ler aqui

Bloco Distrital de Aveiro
Julho 5, 2018 03:54 PM

Está em curso um pedido de uma empresa para a exploração de caulino na área de "Barregão" que abrange as freguesias de Sepins e Bolho (Cantanhede) e Mealhada, Ventosa do Bairro e Antes (Mealhada). Face à proximidade de povoações e aos efeitos nefastos para a saúde pública, paisagem e ecossistema, o Bloco de Esquerda apresentou uma proposta na Assembleia da República para que sejam suspensos imediatamente os procedimentos para a concessão da exploração de caulino nesta zona.

A exploração abrangeria uma área de  2,721 km2 e acarreta a perda definitiva de solos de boa qualidade e da paisagem. A extração de caulinos a céu aberto tem ainda um grande impacto na qualidade e disponibilidade de recursos hídricos, na superfície e no subsolo. A emissão de poeiras e de outros poluentes por parte desta atividade prejudica a saúde pública, podendo provocar ou agravar doenças respiratórias e outras. A emissão de ruídos e de trânsito de pesados diminui também a qualidade de vida dos moradores das povoações vizinhas.

O Bloco de Esquerda está preocupado com os efeitos da atividade nas populações vizinhas, na sua saúde e qualidade de vida, assim como com a perda de rentabilidade das atividades agrícolas e florestais vizinhas.

Bloco Distrital de Aveiro
Julho 5, 2018 09:27 AM

O jornal online da Universidade divulgou, no dia 17 de maio de 2018, uma série de estágios a realizar na BD Eletronics, na Alemanha, e em várias áreas de formação (administração pública, línguas e culturas, engenharias, comunicação, psicologia e outros), oferecendo-se remunerações de 150€. E sim, muitos destes estágios eram também destinados a já graduados, pelo que não se pode considerar que estamos perante ‘meros’ estágios curriculares. Mas existem muitos outros exemplos, todos eles publicados no jornal online da UA, onde se oferecem 50€ a 100€ para vários estágios fora do país ou 150€ para ofertas de trabalho que não são referenciadas como estágios. Perante tudo isto o Bloco de Esquerda reitera a proposta que já fez anteriormente: deve existir um regulamento que obrigue à aplicação de critérios que tenham em conta o respeito pelos direitos no trabalho, vedando a publicação de anúncios que propõem remunerações abaixo do permitido. Os deputados do BE, Luís Monteiro e Moisés Ferreira já solicitaram a intervenção do governo. ler aqui