Mupi Troika

Notícias

Notícias
Julho 10, 2015 08:00 AM

O encerramento das Urgências, assim como de outras valências, e a excessiva concentração de valências e serviços no hospital S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, deteriorou os cuidados de saúde. Devolver ao Hospital de S. João da Madeira as valências que foram encerradas seria uma forma eficaz de descongestionar o São Sebastião e de melhorar os cuidados de saúde nos concelhos de S. João da Madeira e de Santa Maria da Feira. Essa é uma das propostas pelas quais o Bloco de Esquerda se baterá. Outra proposta do BE, é a recusa da entrega do Hospital à Misericórdia ou a qualquer outro privado. 

Notícias
Julho 8, 2015 04:01 PM

Uma escola gerida pela Câmara Municipal ficará refém da possível arbitrariedade dos interesses dos caciquismos locais em desprimor da qualidade, da transparência e do rigor. A escola vai ser transformada numa plataforma empregadora do município, sem transparência. O BE considera inadmissível que uma autarquia governada pelo Partido Socialista faça um acordo com o governo PSD/CDS para a municipalização da educação. Este acordo é revelador da matriz ideológica do PS. As dúvidas de alguns, dissiparam-se agora na totalidade. 

Notícias
Junho 16, 2015 03:03 PM

O B.E. repudia a decisão da autarquia de Ílhavo em proibir a prática de surf nas praias do concelho e que tudo fará para a revogar. Esta decisão da autarquia é completamente descabida, sendo portanto inaceitável. O BE relembra, que todos os anos ocorrem centenas de salvamentos  nas praias, realizados pelos praticantes de surf.

Notícias
Abril 29, 2015 05:59 PM
Notícias
Abril 1, 2015 04:11 PM

O Bloco de Esquerda sabe que a Câmara Municipal de Espinho gastou mais de 70.000€ em dois ajustes diretos à sociedade de advogados de Luís Montenegro, líder parlamentar do PSD e ex-presidente da Assembleia Municipal de Espinho. Em 2014, a Câmara Municipal de Espinho procedeu a um ajuste direto no valor de 39.360€ à Sociedade de Advogados Sousa Pinheiro & Montenegro para aquisição de “serviços jurídicos para contencioso”. Em 2015, a autarquia espinhense repete o processo e volta a adjudicar um contrato para prestação de “serviços jurídicos para contencioso” à mesma sociedade de advogados, agora por 10 meses, no valor de 32.500€.

Notícias
Março 27, 2015 04:09 PM

O inexplicável está a ocorrer infelizmente na cidade de Espinho. A falta de obras de manutenção no edifício do museu municipal está a provocar infiltrações da água da chuva neste equipamento. De uma Câmara Municipal espera-se que, no mínimo, seja capaz de proceder à manutenção dos equipamentos que são propriedade do Município. A insensibilidade cultural está bem patente no desleixo a que o executivo PSD da Autarquia de Espinho deixou o Museu Municipal.Para o BE, é dever prioritário de uma autarquia providenciar a conservação, manutenção e beneficiação permanente das instalações de forma a mantê-las funcionais para as práticas culturais e recreativas. ver fotos

Opinião

Um dos instrumentos que mais tem contribuído para o afastamento dos estudantes do ensino superior é a propina. Foi durante o governo de Cavaco Silva, em 1992, que o valor da propina aumentou abruptamente. Se durante o ano letivo 1991/1992 o seu valor era de 6,5€ os estudantes a frequentar ensino superior viram a propina subir para cerca de 250€

O antigo deputado da Assembleia Municipal de Aveiro pelo CDS, também refere que “não faltam políticas sociais promovedoras de integração social”. Queria então entender onde é que a centralização dos serviços públicos e a falta de transportes até este centro, encaixa no que o próprio referiu. Como é que os (escassos) 300 mil euros atribuidos para a ação social em Aveiro se transformaram em 13 mil euros executados? Onde é que o prazer da direita em privatizar o que é serviço público, a nível nacional e nível local, promove integração social?